Escolas internacionais – alunos bem preparados para as melhores universidades, no Brasil e no exteri


As escolas internacionais são conhecidas no Brasil como centro de excelência na educação básica de ensino e estão mais voltadas à preparação de alunos para experiências no exterior.

Conhecidas no Brasil como centro de excelência na educação básica de ensino, as escolas internacionais oferecem ensino bilíngue e diploma reconhecido em outros países. E, ainda que, de acordo com reportagem publicada na revista Veja, o ENEM ou FUVEST não sejam o foco primordial destas escolas internacionais, as escolas que adotam o programa de ensino internacional também preparam para as principais avaliações do mercado brasileiro. “O ensino médio nas escolas internacionais permite o trânsito do aluno por instituições acadêmicas de diferentes partes do mundo, inclusive nas melhores universidades brasileiras.” comenta a diretora pedagógica da AmericanEdu, Juliana Frigerio.

Estudar no exterior – Quem pretende fazer universidade fora do Brasil encontra vantagens na escola internacional. “A maior delas é que, desde cedo, a instituição mostra que fazer um curso superior no exterior é uma possibilidade concreta. Em geral, os estudantes de escolas tradicionais só se dão conta dessa opção tardiamente, o que reduz suas chances”, diz Marta Bidoli, conselheira do Education USA, órgão do departamento de estado dos Estados Unidos que aproxima estudantes estrangeiros e universidades americanas.

Uma das principais dificuldades dos brasileiros é compreender como se dá a admissão dessas instituições, muito diferente do processo de avaliação praticado no Brasil. Além de exigente, o processo avalia não apenas o desempenho acadêmico do estudante. Os candidatos são estimulados a apresentar redações em que expõem visão do mundo e projeto para atuar nele. Jovens com forte atuação social também são bem vistos. Recomendação de ex-professores conta pontos. Tudo isso é algo inusitado para os estudantes brasileiros, acostumados a responder questões de vestibular.

Algumas escolas tradicionais também já estão atentas para isso. Muitas vêem a importância de uma experiência internacional e preparam os seus alunos para esta vivência.

Consulta: Veja


40 visualizações

Support / Membership

pea21.jpg

GALERIA